Decreto municipal limita tempo e impõe regras para os funerais e cemitérios em Salto

Empresa Funerária Saltense tem regras para enfrentar o coronavírus
Decreto impõe uma série de limitações para a realização de funeral e visita aos cemitérios de Salto

 

A Empresa Funerária Saltense pede a colaboração das pessoas que precisarem comparecer ao serviço funerário, a partir de hoje, dia 25 de março, para que se adaptem às regras impostas pela Prefeitura, através do decreto 92, quanto à realização de funerais, visando ampliar o combate e evitar o aumento dos casos de coronavírus na cidade.
A partir de hoje, os funerais em Salto terão a duração máxima de 3 horas e não serão permitidas mais que 10 pessoas por vez nas salas.

Os funerais também não serão mais realizados no período noturno.
As medidas visam evitar a aglomeração de pessoas e, com isso, dificultar a propagação do vírus que tem assolado o planeta.

Outra medida apontada pela Prefeitura é que, diante do caso de morte confirmada pelo coronavírus, o sepultamento da vítima terá que ser feito imediatamente.
A Empresa Funerária Saltense pede ainda a compreensão que, na atual circunstância, estão suspensas as cerimônias religiosas nos cemitérios e durante o velório, com exceção àquelas praticadas pelos seus dirigentes quando realizadas antes do sepultamento, não podendo ultrapassar 10 minutos e nem o limite de 10 pessoas no ambiente.
Por fim, o decreto municipal também proíbe a visitação e outras atividades dentro dos cemitérios, exceto para os que trabalham no local e cumpram as normas sanitárias.

Veja a íntegra do Diário Oficial Eletrônico com o decreto 92 clicando aqui.

Siga a página da Funerária no facebook, clicando aqui.

Empresa Funerária Saltense
População precisa compreender momento e a decisão da Prefeitura para os cemitérios da cidade nos próximos dias
Fechar Menu